Ação contra dengue em Cambé recolhe cerca de 60 toneladas de entulhos

Nos dias 24 e 25 de janeiro, as secretarias de Saúde e do Meio Ambiente realizaram uma ação no bairro Jardim Silvino para fazer a retirada de entulhos e focos de dengue de algumas residências. Foram retiradas cerca de 60 toneladas de objetos, e entre eles estavam: pneus velhos, materiais recicláveis, móveis abandonados e peças de carros antigos.

No mesmo bairro, no dia 31 de janeiro, será iniciada a 1ª etapa dos mutirões de limpeza contra o mosquito. As ações serão feitas às quartas-feiras e aos sábados até o dia 14 de março. Durante todo o ano são realizados três ciclos de mutirões em toda a cidade.

LIRAa de Cambé apresenta situação de alerta
O primeiro Levantamento de Índice Rápido do Aedes Aegypti (LIRAa) do ano, constatou que Cambé está com o índice de infestação predial de 3,4%. O resultado representa situação de alerta da infestação e da doença, que de acordo com o Ministério da Saúde, o índice considerado de baixo risco é até 1%.

Dos 1.755 imóveis vistoriados na cidade, foram encontrados 90 focos positivos. Os principais criadouros do mosquito encontrados foram materiais recicláveis e pequenos depósitos de água, como bebedouros de cachorro. A Secretaria de Saúde informou que o aumento do índice é causado pelo tempo úmido e quente, que são características da estação atual e facilitam a procriação do mosquito.

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, Cambé é a terceira cidade em número de casos de dengue confirmados no Paraná, com 20 casos desde agosto de 2017. (SeCOM/PMC)

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: