Ano começa bom para trabalho e empreendedorismo

Secretário do Trabalho de Cambé fala de oportunidades de emprego e de como começar um novo negócio

KID

Cambé começou o ano de 2017 apresentando um resultado positivo de recuperação de postos de trabalho, depois de um período turbulento de quedas registradas durante vários meses de 2016. Mesmo que ainda tímidos, os números apresentados no primeiro quadrimestre deste ano dão sinais de que a recuperação das vagas perdidas começa a gerar esperança e confiança aos trabalhadores que buscam o primeiro emprego e os que foram afastados do mercado.

Para o secretário municipal do Trabalho, José Aparecido Rolim (Kid), a procura por vagas ainda é muito grande no Sine. Porém, é urgente a necessidade das pessoas buscarem a profissionalização, pois o mercado está cada vez está mais exigente. Em entrevista ao Jornal Nossa Cidade, o secretário apresenta as ações desenvolvidas pelo Município, além das inovações a serem implementadas pela pasta para facilitar a colocação dos pretendentes nas novas vagas que deverão ser abertas em função da recuperação da economia nacional.

JNC – A que o senhor atribui estes resultados positivos de recuperação de novos postos de trabalho apresentados neste primeiro quadrimestre do ano em Cambé?
Kid – Esse quadro mostra que nossa economia começa a se recuperar. Acrescentamos a isso a diversidade de ramos de atividades existentes em no Município, além da credibilidade que é depositada no novo prefeito, tanto pela sua visão de empreendedorismo, como a importância que ele dá às atividades empresariais existentes na cidade, como também no esforço pela busca de novos empreendedores. Outra questão é o apoio que recebemos para o desenvolvimento de cursos de formação profissional e também ao aperfeiçoamento constante no atendimento aos que procuram a secretaria em busca de oportunidades de trabalho.

JNC – Como funciona o contato entre a Secretaria e as empresas para saber quais são as demandas de profissionais especializados que não estão encontrando no mercado?
Kid – Nosso contato com as empresas é permanente, seja através de visitas ou contatos telefônicos. Desta forma atualizamos o cadastro de vagas, onde constam todas as exigências necessárias para o preenchimento do cargo oferecido. A partir daí, divulgamos a disponibilidade da vaga, como também, de acordo com a demanda, encaminhamos os candidatos para cursos profissionalizantes ou selecionamos os trabalhadores já preparados para atender os requisitos exigidos.

JNC – Como está a oferta de cursos pela Secretaria?
Kid – Nossa demanda de cursos profissionalizantes para atender o mercado de trabalho atinge as mais diversas áreas e segmentos de produção. Até o final do primeiro trimestre, os profissionais mais procurados eram para o setor da alimentação, seguido da indústria de confecção e assistentes administrativos com conhecimentos em informática. No momento estamos reestruturando em nossa escola de qualificação, existente no Jardim Tarobá, e estabelecendo parcerias com entidades governamentais, como também com o setor privado para que possamos atender o maior número de pessoas nos mais diversos segmentos de negócios.

JNC – A secretaria oferece outros tipos de serviço para auxiliar, por exemplo, aqueles que querem trabalhar por conta própria, mas não possuem recursos para iniciar o negócio?
Kid – Temos um convênio com o Programa Bom Negócio Paraná que oferece diversos cursos de empreendedorismo, como também uma parceria com a Universidade Estadual de Londrina que prepara os pretendentes para as gestões de negócio, de pessoas, financeiras, comercial e estratégica. Quanto a oferta de linhas de crédito, somos conveniados com a Fomento Paraná, que atende a profissionais autônomos, além de micros e pequenos empresários com a taxa de juros mais barata do mercado.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *