Detran lança protocolo digital para recurso médico e psicológico

A partir desta segunda-feira (02), os candidatos à habilitação que discordam do resultado do exame de aptidão física e mental, da avaliação psicológica ou do exame médico especial para direção, podem abrir e acompanhar o resultado do recurso pela internet. A nova ferramenta já está disponível no site do Departamento de Trânsito do Paraná (Detran) em:  www.detran.pr.gov.br, na categoria “Requerimento Online JUMP”.

“Antes, o cidadão tinha que imprimir o requerimento de recurso no site, preencher e levar na Ciretran para obter o número de protocolo que permitia o acompanhamento do processo. Agora, todas as etapas podem ser realizadas pela internet. A ideia é evitar deslocamentos dos usuários e oferecer mais agilidade no atendimento”, explica o diretor-geral do Detran, Marcos Traad.

PASSO A PASSO – No site do Detran, em “Requerimento Online”, o cidadão deve ler e aceitar o termo de procedimento do recurso, depois preencher os dados pessoais e motivo da discordância. É necessário anexar os documentos pessoais (RG, CPF e CNH) e laudos médicos ou psicológicos que colaborem com o pedido.

Com as etapas iniciais concluídas, o Detran enviará para o e-mail do usuário o número do protocolo que permitirá acompanhar o andamento do processo e o acesso aos resultados finais do recurso.

“O cidadão tem 30 dias, a partir do resultado da avaliação, para recorrer. O preenchimento incorreto ou falta de informação durante o cadastro pode prejudicar o andamento do processo, por isso é muito importante o cuidado e atenção em todas etapas”, alerta o coordenador da Divisão de Medicina e Psicológia, Gustavo Fatori.

JUMPS – A Junta Médica do Detran é um serviço gratuito para o cidadão, oferecida em todo o Estado. Atualmente, o recurso é realizado nos municípios de Curitiba, Cascavel, Sarandi, Londrina e Francisco Beltrão. Em 2017, foram julgados 717 recursos da área psicológica e 811 casos na área médica no Estado.

Seguindo o determinado pelo Conselho Nacional de Trânsito (Contran), cada Junta Médica e Psicológica é composta por três médicos e três psicólogos.

Quando o pedido de recurso é aceito, o Detran entra em contato por telefone e informa a data e horário de comparecimento a Junta Médica e Psicológica mais próxima. O exame de aptidão física e mental e o exame especial são compostos de anamnese (um estudo do histórico médico do candidato) e exame físico completo, além da análise de pareceres e exames trazidos pelo candidato. A duração média é de 20 minutos.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: