Escola de Cambé vence os desafios e acumula conquistas

Longe das regiões mais privilegiadas do município, estabelecimento estadual de ensino integrado à estrutura do CAIC contabiliza saldo positivo em suas empreitadas.

SONY DSC

A Escola Estadual Valdir Umberto de Azevedo está, junto com a Escola Municipal Cecília Meireles, integrada à estrutura do Centro de Atenção Integral à Criança Salomão Jorge Hauly, localizado no Jardim Ana Eliza 3, em Cambé.

O estabelecimento tem como diretora Marilsa Aparecida da Silva Chudis (foto). São 408 alunos de sexta a oitava séries, a maioria residente na própria região. Conforme a diretora, os que moram mais distantes são do Jardim Santo Amaro.
O CAIC e as duas escolas integradas já mereceram aplausos por projetos que encheram os olhos da comunidade. Dentre eles, o do circo, que foi, anos atrás, desativado em pleno período de reconhecimento público.

Havia também balé e teatro, assim como artes manuais. “Os pais tinham muita segurança porque sabiam que, quando seus filhos não estavam nas salas de aula eles estavam participando, na própria escola, de algum dos projetos”, afirma a diretora Marilsa.

Atualmente permanecem alguns projetos do esporte, como o judô e a luta olímpica, estes em parceria com a Secretaria Municipal de Esportes, e o projeto do voleibol, do Governo do Estado.

Bianca Marcelino, uma das medalhistas da luta olímpica e convocada para representar o Estado, é aluna da Valdir Umberto de Azevedo. Carlos Henrique da Cruz, David Henrique, Heverton Luiz e Lucas Lourenço Barbosa foram campeões da prova de revezamento 4x75m nos Jogos Escolares. Carlos, também campeão dos 100 metros com barreira, foi outro convocado para integrar a equipe estadual.

Este ano, a Olimpíada do CAIC, em sua 22ª Edição, foi realizada no dia 14 de julho. A escola participou com o pessoal envolvido em diferentes oficinas, inclusive nas atividades esportivas como basquetebol, voleibol, tênis de mesa, handebol, futsal, bola queimada, cabo de guerra, dama, dominó e xadrez.

Em 2015, um dos destaques do estabelecimento de ensino foi a participação da aluna Janes Godoy Costa e da professora Mônica Tomeleri na Olimpíada Brasileira de Língua Portuguesa, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.
Após vencer as fases municipal e estadual, Janes seguiu para a etapa nacional. “Ela não venceu, mas foi longe”, avalia a diretora Marilsa. São 24 professores e duas coordenadoras no estabelecimento.

Quanto ao Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, o Ideb, a Escola Estadual Valdir Umberto de Azevedo é uma das duas do município que continua apresentando crescimento, embora não tenha, em 2015, atingido a meta.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *