Girassol toma o lugar da sujeira na Rua Carajás do Jardim Tupi em Cambé

Iniciativa de Sebastião Afonso, junto com a vizinha Inês Belanson, enfeita trecho de acostamento em via pública do Jardim Tupi.

SONY DSC

A Rua Carajás tem um comecinho enfeitado com girassóis. Fica ali, pouco adianta da lateral da UPA, onde só o caótico aspecto da quadra polivalente enfeia. Está certo que, lá embaixo, olhando por cima da ribanceira, tem um bairro vizinho do Jardim Tupi onde há, em alguns terrenos vazios, acúmulo de lixo propício para os bichos do verão.

Mas a Carajás, que naquele trecho tem casas em um lado e a ribanceira no outro, foi embelezada graças à obra de Sebastião Afonso Pinto, nascido em 13 de maio de 1947, na Warta. Dia da Abolição da Escravatura!

O pai de Sebastião foi pioneiro da Warta. Já falecido, Joaquim Pinto derrubou muita mata por lá. A mãe, Giorgina Pereira, também já faleceu. Sebastião mora no Jardim Tupi há 32 anos. Ele diz que por algum tempo experimentou viver no vizinho Ana Rosa. Mas voltou ao Tupi por gostar muito do bairro. A esposa dele é a Maria. Ele tem quatro filhos e quatro netos.

Sebastião é vizinho da líder comunitária do bairro, Inês Belanson. Ele sempre cresceu trabalhando na roça, mas por 15 anos foi servidor público. Inspirado no exemplo da vizinha, que planta árvores, inclusive frutíferas, no acostamento da rua, ele decidiu plantar os girassóis.

São várias as plantas, mas algumas estão judiadas por causa da estiagem. Ainda assim as flores, com o amarelo forte chamando a atenção, inspiram. Recentemente, a líder comunitária do Tupi levou para uma escola 300 sementes de girassol. A doação foi feita em nome da associação de moradores. A próxima ação, para breve, será a doação de mudas de árvores.

SONY DSC

No pé da ribanceira, o lixo em terreno vazio do bairro vizinho

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: