Prefeitura discute com feirantes o projeto de lei sobre regulamentação

feira - JPG

Representantes da Prefeitura, por meio das secretarias do Trabalho, Saúde, Fazenda, Captação de Recursos e Desenvolvimento Econômico, e também da Fomento Paraná se reuniram na última segunda-feira (2), no Ceprusk, com cerca de 70 feirantes para discutir as diretrizes do projeto de lei sobre a regularização das feiras livres e gastronômicas de Cambé.

Além de serem apresentadas as cláusulas do projeto de lei, os feirantes também foram instruídos de como seria o processo de regulamentação junto à Vigilância Sanitária. De acordo com a diretora de Vigilância e Saúde, Carla Chinaglia, os feirantes receberão cursos de manipulação de alimentos. “Nós da vigilância vamos fiscalizar as feiras, vendo o que e como produzem, não para barrar o feirante, mas para conscientizar sobre a manipulação dos alimentos”, reforçou a diretora.

Durante a reunião, foi aberto um momento para discussão e dúvidas dos feirantes quanto à regularização. De acordo com o projeto de lei, após ser sancionado, os feirantes terão um ano para adequação às novas normas a contar da data de notificação.

No próximo dia 23 de outubro, os feirantes vão receber orientações gerais da vigilância sanitária, às 19 horas, na Escola de Profissionalização e Capacitação Roberto Alexandre Sardi (Jardim Tarobá). (SeCOM/PMC)

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: