Mutirão de voluntários vai reformar a UPA de Cambé

upa (1)

A Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cambé vai passar por reformas e melhorias em um mutirão de voluntários da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias no próximo sábado, dia 5. O grupo de 150 voluntários, com o apoio das secretarias de Saúde e Obras, vai revitalizar a pintura, fazer reparos elétricos e hidráulicos e realizar a manutenção da jardinagem da UPA. A ação faz parte do programa da igreja “Mãos que Ajudam” e será realizada no Dia Nacional da Saúde, data em que vários locais do Brasil também receberão mutirões voluntários.

A Prefeitura junto com a Secretaria de Saúde e a Secretaria de Obras dará apoio ao projeto com os materiais e ferramentas. “Falei com meus funcionários explicando sobre o projeto e eles se sentiram motivados a também ajudar. Então nessa semana já iniciamos os preparativos com a parte de alvenaria para deixar tudo pronto e no dia nosso pessoal também vai estar lá dando a assistência que for necessária”, declara o secretário de obras, Osmarino Manzoni. “O que me comoveu foi que a maioria dos voluntários são jovens, que estão aprendendo a importância do trabalho voluntário e do zelo do local público”, completa o secretário.

“Entendemos as dificuldades que passam os setores públicos e devemos fazer nossa parte como usuários e cidadãos. A Prefeitura entra com o material e o Programa Mãos que Ajudam entra com a mão de obra. Uma parceria que interessa a toda a comunidade”, afirma Jefferson Luiz, diretor de assuntos públicos da igreja.

O serviço voluntário reunirá membros e não membros da igreja que ajudarão nos reparos do prédio. “Algumas pessoas trabalham nas áreas específicas da obra e prestarão os serviços voluntariamente, levando os próprios materiais e ferramentas”, explica o bispo da capela de Cambé da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Fábio de Oliveira Freitas.

Voluntários de todas as idades doarão seu tempo no sábado para ajudar e serão organizados em equipes de trabalho. Cada grupo, liderado por pessoas já especializadas, terá sua função que entre elas estão: a pintura, os reparos nos banheiros, jardinagem e o preparo dos lanches para os ajudantes.

Os funcionários do UPA auxiliarão o mutirão na parte de organização do local para os serviços serem realizados e darão continuidade ao atendimento à população durante a realização da obra.

“O projeto Mãos Que Ajudam existe há muitos anos no mundo todo, e nós entendemos que algo pode ser feito para ajudar as pessoas, independente da crença de cada um” argumenta o bispo, que participará do mutirão com sua família toda.

COMPARTILHE ESTA NOTÍCIA.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

%d blogueiros gostam disto: